Descoberta em 1916, mas não extraída até 1976, o Larimar é umapedra fina proveniente da ilha da República Dominicana situado no centro do Mar do Caribe.

Sua cor azul é procurada e suas nuances variam do azul ao turquesa.
Compre com toda Confiança

3884 Avaliações, 4.96/5
Avaliações
Gemological Institute of America 90 Días satisfecho o reembolsado

Colar em Couro e 1 Larimar - 36.5 x 18 x 9.5 mm - 13.9 gr



Selecionem uma tamanho:
R$543.23



Adicionar ao carrinho
1 Larimar
Origem
República Dominicana
Altura
36.5 mm
Amplitude
18 mm
Espessura
9.5 mm
Peso
13.9 gr
Colar
Tamanho
40 a 60 cm
Material
Couro preto de qualidade superior.
Diâmetro: 2 mm.
Intercalares
Borracha
Fecho
Prata sólido .925
Algemas
Referência
15607-larimar139

Descoberta em 1916, mas não extraída até 1976, o Larimar é umapedra fina proveniente da ilha da República Dominicana situado no centro do Mar do Caribe.

Sua cor azul é procurada e suas nuances variam do azul ao turquesa.
Custo de envio
- 8 Euros para a primeira joia.
- 2 Euros por jóia adicional.
Prazos de recebimento
- 12 a 15 días para a França metropolitana.
- 20 a 25 días para outros destinos.
Garantias
- Fotos Contratuais.
- Envio com Seguro Completo.
- Número de Rastreamento Online.
- 90 días Satisfecho o Reembolsado.
Compre com toda Confiança

3884 Avaliações, 4.96/5
Avaliações
Gemological Institute of America 90 Días satisfecho o reembolsado
Voltar
Adicionar ao carrinho

Na mesma categoria

Eles certamente vai agradá-lo

Pedra Larimar bruta

O Larimar: A Pedra dos Caribenhos

O Larimar, também conhecido como a "pedra de Atlântida" ou a "pedra dos Caribenhos", é uma gema fascinante e rara encontrada exclusivamente na República Dominicana, no Caribe.

Esta pedra semipreciosa tem uma história única e propriedades estéticas que a distinguem.


Formação geológica do Larimar

A formação do Larimar remonta a cerca de 35 milhões de anos, quando emergiu de atividades vulcânicas subaquáticas.

O Larimar é uma variedade de pectolita, um mineral pertencente ao grupo de silicatos.

Sua composição química é NaCa2Si3O8(OH), e são os traços de cobalto em sua estrutura que lhe conferem suas nuances de azul características, variando de azul claro quase branco a azul escuro, com tons de turquesa.

O nome Larimar é derivado do apelido "Lari" da filha do artesão dominicano Miguel Méndez, Larissa, e da palavra espanhola "mar", que significa "mar".

Esse nome reflete sua profunda cor azul, evocando as águas cristalinas do Caribe.


Fontes do Larimar na República Dominicana

O Larimar é uma pedra extraordinariamente rara e é encontrada apenas na região de Barahona, no sudoeste da República Dominicana.

Antes de receber seu nome oficial, o Larimar costumava ser coletado na praia de Bahoruco, a poucos quilômetros de Barahona.

As crianças recolhiam esses seixos de Larimar para vendê-los aos visitantes.

As minas de Larimar começaram a operar na região montanhosa em 1976, caracterizada por terrenos íngremes e escorregadios.

A exploração do Larimar é conhecida por ser difícil e perigosa devido às condições geográficas.


História e significado cultural do Larimar

A primeira descoberta do Larimar na República Dominicana remonta a 1916, quando o padre Miguel Domingo Fuertes de Loren identificou essa pedra, embora seu potencial não tenha sido reconhecido na época.

Naquela época, o Ministério de Mineração da República Dominicana negou a permissão para explorar a mina e ela caiu no esquecimento.

A comercialização do Larimar realmente começou em 1976, graças a Miguel Méndez, um artesão local, e Norman Rilling, um geólogo associado ao Corpo da Paz.

O Larimar foi classificado como pedra semipreciosa em 1979 e, desde então, sua popularidade não parou de crescer.

A única mina de Larimar do mundo está localizada em Los Chupaderos, no Distrito Nacional de Bahoruco, a 23 quilômetros de Santa Cruz de Barahona.

Em 21 de outubro de 2016, o governo dominicano emitiu uma resolução proibindo a exportação de âmbar e Larimar.

Atualmente, o Larimar só é autorizado a ser exportado em peças polidas separadamente.

Na República Dominicana, o "Dia Nacional do Larimar" é comemorado todo dia 22 de novembro desde 2018, em homenagem à data da descoberta inicial dessa pedra pelo padre Miguel Domingo Fuertes.

O Larimar é considerado um símbolo da República Dominicana, apreciado tanto pelos dominicanos quanto pelos visitantes.

É usado na criação de joias requintadas e objetos decorativos, com sua variedade de tons de azul evocando as águas do Caribe.

Devido à sua raridade e beleza, o Larimar continua sendo uma pedra semipreciosa muito procurada em todo o mundo.

Em resumo, o Larimar é muito mais do que uma simples pedra semipreciosa. É uma peça única na história geológica e cultural da República Dominicana, bem como uma gema de beleza excepcional que continua a encantar os amantes de pedras preciosas em todo o mundo.